Tênis para Todos Paraisópolis concluiu seu quarto ano e já atendeu cerca de 2.500 crianças


aluna jogando tenis no projeto tenis para todos paraisopolis

O projeto foi implantado em março de 2018 na segunda maior comunidade da capital paulista e em outubro de 2022 concluiu sua quarta edição. O projeto social que ministra aulas de Pré-Tênis (iniciação esportiva para crianças) para alunos de 6 a 14 anos da EMEF Dom Veremundo Toth e do CEU Paraisópolis, tem foco na inclusão social e em atividades transversais como por exemplo passeios, rodas de conversa, festival da família, palestras, entre outras. O Tênis para Todos Paraisópolis já beneficiou 2.364 crianças nas quatro edições, só no quarto ano foram 723 atendimentos.

Desenvolvido pelo CADES através da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, o quarto ano do projeto conta com o patrocínio do Banco Itaú, Sul América e Credit Suisse. O Tênis para Todos Paraisópolis também foi contemplado com a terceira, quarta e quinta edições do Selo de Direitos Humanos e Diversidade da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, na categoria Infância e Adolescência.


No Ano IV, além das atividades esportivas, o CADES ampliou sua atuação na comunidade, criando a Rede de Proteção Social com o objetivo de identificar as crianças em alto risco de vulnerabilidade social e buscar auxiliar as famílias na sua estruturação, acolhendo e realizando os encaminhamentos necessários junto aos parceiros integrados.

consulta oftalmologica tenis para todos paraisopolis

No mês de outubro, o CADES levou o Instituto Verter para atender 50 crianças do projeto, que passaram por consultas oftalmológicas. As que apresentaram alguma deficiência ocular, passaram por exames e o Verter fez a doação de óculos em novembro. Clique aqui e saiba mais sobre essa ação.

O Instituto Verter é um desses parceiros na Rede, como a UBS Paraisópolis III, CAPS infantil (centro de assistência psicossocial), Instituto Voluntariado do Hospital Albert Einstein e outras instituições públicas e privadas.


“O projeto se consolida a cada ano, criando bases sólidas de atendimento e de prática da modalidade na comunidade. A criação da Rede de Proteção Social é uma das consequências do trabalho que vem sendo realizado ao longo desses anos e que nos permite agora ampliar cada vez mais o impacto social na comunidade. As parcerias com a EMEF Dom Veremundo e CEU Paraisópolis são fundamentais nesse crescimento”, destacou Ana Cristina Amara, presidente do CADES.


A boa notícia é que o Ano V, a continuação do projeto, está confirmado e terá início entre dezembro e janeiro.


Sobre o Cades

O Cades trabalha há 15 anos com projetos sociais esportivos no Estado de São Paulo, em regiões de alta vulnerabilidade social. Até agora, o Instituto já beneficiou mais de 61 mil pessoas, transformando vidas de crianças e adolescentes levando educação e qualidade de vida por meio do esporte.


Por: DGW Comunicação

Siga
  • Facebook Basic Square
 
Teste