top of page

Como o atletismo contribuiu para a recuperação na aprendizagem da educação infantil após a pandemia

As crianças foram afetadas de diversas maneiras devido a pandemia de COVID-19. As escolas fechadas, a falta de interação e de atividade física fizeram com que elas apresentassem muitas dificuldades relacionadas ao desenvolvimento social e emocional, e nas habilidades motoras, psicomotoras e cognitivas.


De acordo com um relatório da Fundação Abrinq publicado em 2021, 1,5 milhão de crianças ficaram fora da escola em 2020 devido a pandemia, o que representa uma queda de 15% na matrícula de crianças entre 04 e 06 anos em comparação com 2019.


Outra pesquisa realizada pelo Instituto Península, em parceria com a Fundação Lemann e o Itaú Social, mostrou que 60% dos estudantes da educação infantil tiveram perda de aprendizado durante a COVID-19. Foram entrevistados mais de 3 mil professores e 18 mil alunos de escolas públicas e privadas de todo o país.


Diante desse cenário e suas repercussões na aprendizagem e no comportamento das crianças, principalmente na primeira infância, iniciamos em março de 2022 o projeto “Pré Atletismo na Educação Infantil” por meio de Termo de Fomento com o Governo do Estado de São Paulo, que atendeu mais de 600 crianças de 04 a 06 anos na Escola Municipal Neuma Maria da Silva, na cidade de Mauá/SP, durante 12 meses. Importante destacar que essa escola não conta com aulas de educação física em sua grade, o que fez com que a evolução dos alunos fosse ainda mais perceptível ao longo dos meses.

O atletismo contempla os movimentos básicos como correr, saltar, marchar, lançar e arremessar, servindo de base para todos os outros esportes. É fundamental para aumentar o repertório motor e aprimorar a capacidade física. A metodologia Cades, aplicada em todos os nossos projetos, utiliza estratégias para auxiliar as crianças na recuperação do aprendizado: estimula o aprendizado de forma lúdica, através de materiais e espaços adaptados, do brincar, da curiosidade e interação social. Também possibilita o desenvolvimento de habilidades motoras (grossas e finas) e cognitivas como resolução de problemas, raciocínio e criatividade. Tudo isso feito em um ambiente emocionalmente seguro e apoiador.

“Depois da pandemia os alunos voltaram com enormes dificuldades motoras, de socialização, de concentração e de acatar comando e regras. O projeto teve boa aceitação pelos alunos e foi de extrema importância nesse processo de retomada.”, relatou Maria do Socorro, professora de uma das turmas atendidas pelo projeto.

Duca Freitas, professor do Cades e responsável pelo Pré Atletismo na Educação Infantil, destaca: “O projeto foi muito relevante dentro da comunidade escolar, contribuindo de várias formas com os alunos, mas também com as professoras da escola que tiveram um suporte para que seus alunos evoluíssem dentro de seus níveis de aprendizagem.”

Mesmo após a retomada das aulas e da rotina, é importante que os pais e responsáveis estimulem as crianças a praticar movimentos e atividades físicas. Clique aqui e confira algumas dicas e vídeos de exercícios para fazer em casa.



GOSTOU?

Você pode apoiar nossa causa e contribuir para levar esse e outros projetos para mais crianças de escolas públicas. Clique aqui e seja um doador!


Comments


Siga
  • Facebook Basic Square
bottom of page